BMW adia a abertura da fábrica na Hungria por um ano

bmw, engine, car

A fabricante alemã de carros BMW adiará a abertura de sua fábrica em Debrecen, no leste da Hungria, em um ano por causa do impacto da pandemia de coronavírus, disse o presidente Oliver Zipse em uma teleconferência após o lançamento do relatório de lucros da empresa no primeiro trimestre.

“Na situação atual, estamos analisando cuidadosamente todos os nossos projetos por uma questão de princípio… Como a demanda esperada é sempre um fator relevante para nós, decidimos adiar a abertura da fábrica na Hungria pelo período de um ano ”, disse.

A construção da fábrica de 1 bilhão de euros em Debrecen estava prevista para começar na primavera de 2020. A fábrica empregará cerca de 1.000 pessoas e terá capacidade para produzir cerca de 150.000 veículos por ano.

Comentando a decisão da BMW, o ministro das Relações Exteriores Peter Szijjarto disse que a BMW continua comprometida com a fábrica de Debrecen.

“Também conversamos hoje com os executivos da empresa, e eles garantiram que eles naturalmente continuam comprometidos com a construção da fábrica em Debrecen”, disse ele em uma entrada no Facebook.

“Na próxima sexta-feira, vou me encontrar pessoalmente com os gerentes de entrada da fábrica e as pessoas encarregadas do projeto que estão vindo para Debrecen”, acrescentou, e também observou que as obras de construção no local estão em andamento.

Deixe uma resposta