Hungria lidera a “lista da morte” da União Europeia

cemetery, old, graveyard

No ano passado, 1,5 milhão de pessoas morreram em toda União Europeia, 65% delas poderiam ter sido salvas, um melhor sistema de saúde e intervenções preventivas poderiam ter salvado a vida de 1 milhão dessas pessoas.

As causas mais comuns de morte entre pessoas com menos de 75 anos na União Europeia foram causadas por doenças tratáveis, dentre estas destacam-se os problemas cardíacos, cardiovasculares e alcoólicos, os distúrbios pulmonares crônicos e overdoses.

Infelizmente, a Hungria ocupa a pior posição entre os 27 países da União Europeia, considerando o número de mortes causadas por doenças tratáveis ​​por 100 mil pessoas. O câncer de pulmão foi a doença que teve a taxa de mortalidade mais alta na Hungria.

Deixe uma resposta