Início das aulas na Hungria será em 1º de setembro como de costume

school, lockers, hallway

Segundo o comunicado do governo húngaro, foi definido que o ano letivo 2020/2021 começará de forma regular, com a abertura das escolas como de costume em 1º de Setembro. A situação da epidemia de coronavírus não justifica que a educação digital substitua as salas de aula. O comunicado também disse que outras medidas poderiam ser ordenadas caso o governo e as autoridades relevantes vissem a necessidade.

As escolas receberão um protocolo sobre a prevenção do coronavírus, acrescentando que os pais não devem mandar crianças com sintomas de Covid-19 para a escola. De acordo com o decreto do governo, o ano letivo que começará em 1o de setembro terminará em 15 de junho de 2021.

Quase metade das pessoas infectadas na Hungria tinha menos de 40 anos, de acordo com um relatório da Universidade Semmelweis. O motivo mais provável para o aumento é que muitos dos infectados viajaram para o exterior ou encontraram um parente ou amigo que voltou para casa de uma viagem ao exterior.

Deixe uma resposta